Com base na experiência ganha com a publicação da revista, decidimos lançar uma editora, que tem uma configuração especial.

Aplicaremos aquilo que aprendemos com a revista em termos de produzir os nossos livros utilizando a tecnologia Print on Demand. Isto quer dizer que apenas imprimiremos o número de exemplares necessário para o nosso público, aprentando, ao mesmo tempo, preços de capa inferiores aos que os çeitores estão habituados, não haverá edições esgotadas desde que os nossos computadfores continuem a funcionar e, mesmo se eles falharem, podemos recorrer às cópias de segurança.

Tratando-se de Print on Demand, não podemos procurar vender best sellers porque não temos capacidade de impressão de milhares de exemplares, mas podemos, isso sim, avançar com a publicação de obras nunca publicadas no mercado português ou, em alternativa, com a publicação daquelas obras desaparecidas há muito do nosso mercado e que nós desejávamos há muito ter na nossa biblioteca.

É claro que nem toda a gente é igual e a nós agrada-nos muito que assim seja. Se, dentro deste contexto, a nossa prioridade, enquanto editora, é publicar os livros que nos agradam, não é certo que esses livros correspondam em cheio aos seus interesses, pelo que disponibilizámos um formulário para que nos indique as obras que gostaria de ver nos livrarias. Envie-nos as suas sugestões clicamdo aqui:Sugestão de Livros.

Decidimos avançar, para já, com dois fprmatos: Um primeiro formato ajustado a poesia, usando exactamente o mesmo formato da revista "Fio de Ariadne", 60 páginas frente e verso e um segundo formato, para o qual já adquirimos equipamento, imprimindo até 800 páginas. Este segundo formato será mais apropriado para livros em prosa, ficção ou ensaio.

Um dos pontos onde estamos bastante interessados será na publicação de inéditos, tanto de poesia como de ficção e ensaio. Preparando esta iniciativa, já contamos com 8 inéditos para publicar, tanto na colecção de poesia como na outra.

Gostaremos de contar consigo como nosso leitor.

No comments

Leave your comment

In reply to Some User